Segunda-feira, um recomeço. « Agile Way


4 de Agosto de 2009

Segunda-feira, um recomeço.

Seguindo adiante - www.agileway.com.br

Hoje, segunda-feira, foi um dia diferente. Após quase um ano de trabalho na agência (somando o período em que estive na outra empresa, desde 2005) tive meu primeiro dia em quatro anos que acordei desempregado.

Sair (ou ser saído) de um emprego nunca é legal. Sempre fica aquela sensação de que poderíamos ter feito algo diferente ou quem sabe ter se dedicado mais. Por outro lado, as vezes sair é a melhor solução. E no meu caso, foi exatamente isto.

De qualquer forma, tive o privilégio de trabalhar com uma equipe extremamente capacitada. Pessoas jovens, comprometidas e com habilidades que só tendem a se desenvolver cada vez mais. E é um orgulho olhar para trás e perceber as conquistas que tivemos em equipe. Ver o desenvolvimento profissional de algumas pessoas e saber que fizemos parte disso.

E, para mim, o mais importante: receber o feedback altamente positivo das equipes com que estive envolvido. Pessoas que de fato ficaram bastante chateadas com a minha saída, que agradeceram com sinceridade pelos trabalhos juntos, enfim… é muito bom ver que valeu a pena todo o esforço para motivar e contribuir para o desenvolvimento dessa galera.

No geral, acredito que na saída de uma empresa, algumas coisas precisam ser sempre destacadas:

1) Nunca deixar as portas fechadas. Não importa se você quem está saindo ou se a empresa é que o convidou a sair. Profissionalismo sempre, pois o futuro pode reservar parcerias ou, em alguns casos, até um retorno.

2) Feedback sempre. Aproveite para dar o último feedback para seus colaboradores e colegas (evite os elogios vazios e mensagens padronizadas). Sugira, aponte melhorias, elogie. Com certeza você receberá feedbacks também. Talvez até mesmo coisas que você nunca havia parado para pensar.

3) Manter contatos. O mercado não pára. Talvez algum dia você precise exatamente de uma pessoa com aquele perfil que você trabalhou anteriormente. E porque arriscar quando você já tem um conhecido para indicar?

4) Refletir. Não custa nada parar e pensar em tudo o que você vivenciou no período. Repensar ou reforçar atitudes podem ser lições aprendidas valiosas para o futuro.

5) Não se abater com uma saída, mesmo que você tenha sido saído. Há, com certeza, pelo menos uma dezena de empresas na sua cidade que precisam de alguém com o seu perfil e que estão alinhadas com o seu pensamento. Pode demorar, mas em breve aparece.

Quanto a mim? Minha cabeça está sempre maquinando sobre o futuro e sobre projetos. Vou aproveitar e tirar um “período sabático” para me dedicar a isso. :)

Não se aflija, mas não se acomode. Apesar dos pesares, a experiência sempre terá mais lados positivos do que negativos. Sempre!

Por fim, se vocês me dão licença, gostaria de dedicar este post a toda equipe com que trabalhei nesse período desde que iniciei como gerente de projetos. Obrigado Paulo, Felipe, Cristiano, Valter, Otávio, Cristiano, Gabriel (2005-2008), Ongarato, Saueressig, Bruno, Cassiano, Janovik, Carol, Dieet, Domenica, Debbie, Menezes, Fabrício, Medina, Fabio, Fran, Silvestrim, Schmitt, Gabe, Bastian, Allebrandt, Iris, João, Joel, Kátia, Luis,  Leo, Mari, Matias, Mauricio, Klagenberg, Marcelo, Marcela, Paulo, Pedro, Pablo, Furtado, Rafa, Greiner, Ricardo, Roger, Rodrigues, Bastos, Sandro, Hahahaag,  Victor, Vini, Borda e William (2008-2009). Acho que não esqueci ninguém!

Aprendi com toda essa galera. Todo dia.

Um abraço!



6 Comentários para “Segunda-feira, um recomeço.”

  1. Flavio>

    A vida é assim mesmo. Eu mesmo já fui demitido trocentas vezes, já tive empresa própria, desfiz casamento, tudo isso.
    Bola para frente.
    Interessante o seu blog, tenho um também, mas nada a ver com trabalho. Já trabalho mais de 12hr por dia para blogar sobre trabalho.
    Abs e boa sorte.

    LA

  2. Willi diz:

    Que pena, Flávio.

    Mas não se deixe abater, você aprendeu muito nesse período, e isso terá valor em outros lugares. É só um tombo. Levanta, sacode a opeira e continue em frente!

    []s Willi

  3. Exatamente como foi dito, se vão os vínculos e fica o aprendizado.
    Novos vínculos possivelmente mais fortes virão em decorrência deste que se vai.

  4. Frederico diz:

    Olá Flávio. Boa sorte na sua nova jornada!
    Ahh, eu tb acabei de deixar meu antigo trabalho e tô no tal “período sabático”! rsrs
    É um bom momento pra descansar, aprender coisas novas, traçar novas metas, etc.

    []’s
    Fred

  5. Cláudio Silva diz:

    Flávio,

    Não tenho dúvidas de que estarás de “casa” nova brevemente!

    Um abraço,
    Cláudio.

  6. Margarete diz:

    Flavio, muito prazer, estou entrando pela primeira vez no seu blog e achei o máximo, vc disse tudo o que eu gostaria de ter dito qdo a empresa me convidou para sair depois de 14 anos me dedicando, fiquei muito prá baixo, me perguntando onde errei e pq nao me deram explicações da minha saída.
    Continuo no “período sabático”, faz 1 ano e meio mas foi escolha mesmo, resolvi entrar na faculdade mudar um pouco os rumos e minhas escolhas, está sendo bom por um lado estou dando valor a coisas que antes ficavam em segundo e terceiro plano “minha familia”, pois antes tudo era o trabalho, pense nisto!! e um bom recomeço para você.
    Abraço!

Comentar